Influenciadora GKay perde processo e sofre prejuízo de R$100 mil

A influenciadora digital Gessica Kayane, conhecida nas redes sociais como GKay, acabou perdendo o valor equivalente a R$108.000 por um processo movido no início de 2022 contra proprietários de uma mansão que foi alugada por ela na região de Granja Julieta, na zona Sul de São Paulo. De acordo com as informações, o valor teria sido dado como caução aos proprietários do imóvel que ela alugou, mas que posteriormente não teriam devolvido esse valor após ela sair da casa antes do término do contrato, gerando uma quebra de contrato e retenção dos valores por parte dos proprietários.

Na ação movida pela influenciadora, ela alegava que a quebra de contrato teria se dado por motivos de mudança para o Rio de Janeiro. Ainda de acordo com os pedidos da ação, de quem informou que o valor de R$108.000 era referente aos três meses de aluguel e que tais valores não teriam sido devolvidos após a mudança, não podendo ser retido dolosamente a título de multa pela quebra do contrato. 

Você pode se interessar  Polícia prende procurador que espancou chefe em São Paulo

No entanto, o juiz da causa, Dr. Guilherme Duran Depiere, magistrado do Tribunal de Justiça de São Paulo, acabou não acatando os pedidos de Gkay. Conforme a decisão exarada pelo magistrado: “Não há controvérsia quanto à locação e resilição antes do prazo mínimo contratado. A situação levantada pela autora não a isenta do pagamento da multa por resilição antecipada. Houve a contratação de serviços artísticos, relacionados a projeto audiovisual, sem a existência de qualquer vínculo de subordinação. O período estimado de prestação dos serviços de atriz, por sua vez, era de cerca de dois meses, conforme documento”.

Você pode se interessar  Tribunal de Justiça de Alagoas determina cancelamento de show do artista Wesley Safadão e impõe limitações aos valores de cachês

Seguindo a decisão do magistrado, ele entendeu não haver nos autos do processo a exigência de mudança ou alteração de residência para a realização dos serviços que foram contratados. A proposta inicial prevista no contrato era de que a prestação de serviço fosse realizada por tempo curto e determinado, tendo em vista ser mais interessante para a autora. No entanto, indo contra a proposta, Gkay optou por se mudar de forma definitiva para o Rio de Janeiro e quebrar o contrato referente ao imóvel de São Paulo. Logo, ela teria que arcar com todas as consequências desta ruptura do contrato, uma vez que a presente medida não é imprescindível a prestação dos seus serviços, considerando o caráter eventual da coisa.

Você pode se interessar  No Paraná, homem leva sete facadas por “ser muito bonito”

Ainda foi determinado pelo magistrado que a humorista pagasse o valor de 10% sobre o valor total da causa a título de honorários advocatícios para os representantes processuais dos proprietários do imóvel. 

Com isso, além de perder mais de R$100.000 com a ação, ela ainda terá que pagar algo em torno de R$10.000 para os advogados da parte contrária. Somando todas as despesas, a influenciadora Gkay terá que desembolsar aproximadamente R$110 mil reais. Pessoas próximas à humorista afirmam que ela pretende recorrer da decisão que negou os pedidos e a condenou ao pagamento de honorários sucumbenciais.