Bolsonaro se pronuncia á Fox News “Esquerda não deixará o poder se voltar”

Em uma entrevista ao canal Fox News nesta quarta-feira (24/06), Jair Bolsonaro afirmou que caso a esquerda volte ao poder, ela nunca mais vai sair. Em suas palavras: “se a esquerda voltar, nunca mais deixará o poder”. A preocupação do presidente diz respeito as eleições de outubro, que estão próximas de acontecerem. No pleito, o cenário provável demonstra a disputa entre Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Contudo, o embate real entre as duas figuras já se iniciou há bastante tempo.

Você pode se interessar  Globo, não consegue direito de transmitir libertadores na TV por assinatura e culpa alta do dólar Entenda

Bolsonaro deu entrevista ao renomado âncora da TV norte-americana, Tucker Carlson, no Palácio da Alvorada. A conversa entre os dois será exibida na íntegra nesta quinta-feira (30/06).

Para Bolsonaro, o retorno da esquerda ao poder fará com que o Brasil siga o mesmo caminho dos vizinhos sul-americanos como a Venezuela, Colômbia, Chile e Argentina. Todos os países mencionados são governados por presidentes de esquerda, exceto a Venezuela, que é comandada por Nicolás Maduro desde 2013.

Você pode se interessar  Sergio Moro diz que não se arrepende de ter sido Ministro de Bolsonaro

O presidente destaca ainda que a própria sociedade é quem sairá perdedora caso Lula seja reeleito. Nas palavras de Jair Bolsonaro, a América do Sul “será pintada de vermelho por completo”, fazendo com que os Estados Unidos se torne um país isolado em relação aos países do MERCOSUL. Nas pesquisas registradas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luiz Inácio Lula segue na frente de Bolsonaro e poderia até mesmo vencer no primeiro turno.

Você pode se interessar  Presidente do PCO alerta para "golpe" de Moraes contra Bolsonaro (veja o vídeo)

A viagem do âncora americano ao nosso país tem como objetivo a realização de um documentário acerca da influência que a China possui no Brasil. Para Carlson, o Brasil é o último país a se manter apoiando dos Estados Unidos em toda a América do Sul. O jornalista ainda destacou que o Brasil é o único a resistir aos esforços de colonização da China.