Bolsonaro debocha de tentativa de boicote feita por militantes esquerdistas; Entenda

Uma nova tentativa de boicote à Jair Messias Bolsonaro (PL) é feita por militantes esquerdistas. O presidente da República decidiu ir até as suas redes sociais falar sobre o caso. Segundo o chefe do Poder Executivo, os militantes da esquerda tentaram boicotar o evento que irá acontecer no próximo domingo (24/07) no Rio de Janeiro. Algumas pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores e demais partidos esquerdistas tentaram se reunir através das redes sociais para se manifestarem em ato contra Bolsonaro no evento.

Você pode se interessar  Dono da Rede TV se pronuncia sobres pesquisas do DataFolha “Chega a ser a ser impressionante. isso não é crime?”

Contudo, o plano foi por água abaixo quando os organizadores do boicote perceberam a baixa adesão de pessoas. Nem mesmo os apoiadores assíduos do ex-presidiário Lula marcaram presença no ato que, segundo os manifestantes, seria “histórico”.

Ao ficar sabendo da tentativa de boicote, Jair Bolsonaro utilizou as suas redes sociais para debochar dos militantes esquerdistas. Segundo o que foi apurado, o intuito deles era esvaziar o evento que Bolsonaro iria participar no domingo. Tudo iria acontecer da seguinte forma: os apoiadores de Lula e demais ladrões iriam comprar todos os ingressos para o evento, de modo que os cidadãos de bem não pudessem mais comprar. Isso faria com que o evento ficasse totalmente vazio. No entanto, a baixa adesão à manifestação acabou frustrando os planos dos esquerdistas.

Você pode se interessar  Janaina Paschoal em "desespero'' critica escolha de vice de Bolsonaro "ele deveria repensar"

Por sua vez, Bolsonaro aproveitou a oportunidade para debochar dos militantes e alfinetar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No Twitter, Bolsonaro afirmou: “Então militantes e parlamentares de esquerda, como suprademocráticos que são, estavam adquirindo ingressos do nosso evento, que ocorrerá dia 24 no Rio de Janeiro, para não comparecer e esvaziá-lo? Será que é isso que estão fazendo nos atos públicos do descondenado? Kkkkkkk”.