Bolsonaro cresce e lula cai diz pesquisa BTG/FSB

As intenções de voto para o pré-candidato à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro (PL) , subiram nas últimas duas semanas. É o que aponta a quinta rodada da pesquisa feita pelo Instituto BTG/FSB  divulgada nesta segunda-feira (27). A mesma análise mostra uma queda do ex-presidente e pré-candidato ao Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na pesquisa anterior, do dia 13 de junho, Lula aparecia com 44% das intenções de votos, agora 43% na pesquisa estimulada, que é quando os nomes dos candidatos  são apresentados aos participantes do levantamento, Já o atual presidente Jair Bolsonaro cresceu 1 ponto percentual e aparece com 33% das intenções de votos.

Você pode se interessar  Em editorial O Globo afirma que o STF faz ‘ativismo político’ e ‘invade competências’

Em terceiro lugar ficou ,Ciro gomes (PDT) que caiu de 9% para 8%. Simone Tebet (MDB) passou de 2% para 3%.  os entrevistados que disseram não votar em nenhum dos candidatos totalizaram 7%, e os indecisos somaram 3%. a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Você pode se interessar  Presidente do PCO alerta para "golpe" de Moraes contra Bolsonaro (veja o vídeo)

O levantamento encomendado pelo Banco BTG Pactual foi realizado nos dias (24/06) e (26/06) e contou com 2 mil pessoas entrevistadas, a pesquisa  tem um intervalo de 95% de confiança . A margem de erro é de dois pontos percentuais. Foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05022/2022. 

PESQUISA ESPONTÂNEA

No cenário espontâneo, quando os nomes dos candidatos não são apresentados aos eleitores, Bolsonaro aparece com 31% das intenções, dois pontos percentuais a mais que há duas semanas atrás. Já Lula aparece com 39% das intenções de votos, um ponto percentual a menos que o do último levantamento.

Você pode se interessar  Urgente! Senado aprova requerimentos e ministros do STF serão ouvidos sobre suposto ativismo judicial

Já em um eventual segundo turno entre o ex-presidente Lula e o atual presidente Jair Bolsonaro, o petista caiu de 54% para 52%, enquanto Jair Messias Bolsonaro foi de 36% para 37%. Nesse cenário hipotético a diferença caiu  de 18 pontos  para 15 pontos porcentuais. 9% disseram que não irão votar em nenhum dos candidatos e 1% não sabia ou não respondeu.